Blog Rica Perrone

logo
voltar ao blog

O futebol é quase detalhe

 

A Copa é a prova de que futebol se trata mais de confiança do que de qualquer outra coisa. Os melhores times, jogadores e treinadores reunidos para passar perrengue e não vencer times absolutamente medíocres que tem uma única diferença: não tem obrigação.

 

É importante a parte tática, técnica, óbvio.  Mas note como a Copa explica das mais diversas formas como o psicologico é muito mais irreversível do que o restante.

 

Os bons times, bem treinados, logo se tornam pressionados. E em seguida começam a ter dificuldades pra executar o que faziam com facilidade quando desacreditados.

 

Será a toa que o campeão sempre cai na primeira fase na Copa seguinte?

Não. Você sabe que não.

 

A seleção brasileira, além de ser a mais cobrada do mundo, é também a que mais reage ao fator emocional. Vide 7×1, que só algum desavisado em nível superior consegue encontrar argumentos táticos e técnicos para aquele placar incomum até na série C do estadual.

 

As estréias do Brasil são sempre um drama. E a Copa pra nós, como pra Alemanha, Itália e outros favoritos, só flui quando vem os grandes adversários.

 

Time grande pressionado contra time que não tem nada a perder é o pior dos pesadelos. A Copa deixa isso claro.

 

abs,

Rica Perrone