Blog Rica Perrone

logo
voltar ao blog

A velha mania de achar que Libertadores é Champions League

Entra ano, sai ano, só piora. Cada dia mais o torcedor brasileiro é induzido a achar que jogamos uma Champions League e que nosso time é o Real Madrid. Ou seja, não há dificuldade, só vitórias e a provável chegada a final.

 

Se ainda tivéssemos como parâmetro a Champions e nos considerarmos um Liverpool, vá lá! Mas achamos que temos que ganhar de todo mundo, quando na real insisto em dizer: dos 25 campeões da Libertadores, 23 podem ser campeões amanhã que não será zebra.

 

Nosso topo é muito abaixo do topo europeu, mas nosso meio termo é muito mais equilibrado e forte do que o deles.  O time médio/grande lá toma 6×0 numa Champions dos poderosos. Aqui ninguém faz isso com ninguém.

 

E não, não é demérito. É uma QUALIDADE nossa termos um campeonato onde 3 times não massacram os demais.

 

O Flamengo pode não vencer o Emelec.  O Vasco pode não vencer a Universidad do Chile. O Cruzeiro pode não vencer o Racing.

 

“Ah mas o investimento…!”.  Não, cara! Nós fazemos futebol. Quem compra são os europeus. Você pode comprar 3, se no rival surgirem 4 você gastou e perdeu.

 

Isso nos diferencia, nos faz mais surpreendentes e menos glamourosos.  Mas dinheiro aqui não determina o campeão.

 

A Libertadores é o torneio de quem inventa futebol. A Champions de quem pode compra-lo. Ambas com muito valor, mas com muita diferença pra ser tratada igualmente.

 

abs,

Rica Perrone